Temptation

Ao longo dos tempos, a “Tentação” surgiu sobre diversas formas: poder, dinheiro, amor…Numa história aparentemente simples como o Twilight, a “Tentação” assume a figura de um vampiro diferente. A personagem de Edward dá um novo significado a esse conceito. Por um lado, ele é o ser mais lindo do universo para Bella, contudo vive atormentado pela sua condição, não querendo tornar-se num Monstro e ceder à sua sede. No fundo, ele contraria a sua própria essência. E Bella não lhe consegue resistir. Mas, também quem é que consegue estabelecer uma linha segura que separe a razão da queda abrupta na Tentação? E se quisermos deixar-nos levar por esses sentimentos, por esse friozinho na barriga que é provocado pelo embarque no desconhecido? Estaremos a fazer uma má opção?

Os vampiros na obra da Stephanie Meyer são tudo menos convencionais. Eles subvertem as regras, são bonitos, especiais, cada um à sua maneira. Para mim, estas são as personagens que me fascinam. Nunca fui muito adepta da personagem do Jacob nem no mistério que representam os lobisomens. Acabei por fazer uma escolha.

Deixei-me ser tentada pelo mundo destes seres fantásticos e de forma inconsciente imaginei-me ser um deles. Deixei-me levar sem oferecer qualquer resistência.002

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s